A noivinha.

Eu estava muito tensa, afinal, depois de quatro anos de uma longa espera, eu iria finalmente realizar o meu grande sonho: me casar com o Rodrigo, meu primeiro e único namorado. Foi com ele que aprendi tudo sobre sexo. A cada toque seu eu me sentia eletrizada, cheia de emoção e de tesão. O Rodrigo... Continue lendo →

Um encontro com Luíza.

Casada há 6 anos, Luiza era o que se pode chamar de mulher politicamente correta. Trabalhava em uma imobiliária como corretora, tinha 32 anos, olhos castanhos, pele de uma cor branca e delicada. Tinha os cabelos longos, negros, cuidadosamente cacheados, 1,65 m de altura. Seios médios, pernas grossas que se escondiam por baixo dos vestidos... Continue lendo →

O proibido é mais gostoso.

Eu me chamo Marcelo e sou casado há 5 anos, tenho 27 anos e minha mulher Isadora, 25 anos. Quando começamos a namorar conheci também sua irmã Márcia, mais velha e casada que se tornou objeto de minhas taras. Márcia era uma mulher linda, seios médios e firmes sempre em riste, marcando sempre as suas... Continue lendo →

Fêmea no cio sai a caça.

Tesão é algo que sei sentir com força e proporciono o melhor ao meu parceiro porque sempre fecho os olhos e me imagino no lugar, assim minha buceta derrete de caldo quente, molhado e sinto arrepios da coluna aos pés, e assim foi comigo em um dos meus dias que acordo no cio, verdadeiramente com... Continue lendo →

Surpresa maravilhosa.

Na festa de final de ano uma das funcionárias que trabalha no nosso setor apresentou-me uma amiga, que estava com ela na festa e trabalhava em outro setor, e estudava enfermagem com ela. Fiquei encantado com a beleza da garota, que se apresentou com o nome de Viviane, uma morena de aproximadamente 1,55 m, seios... Continue lendo →

Uma explosão de sensualidade.

– Você não vem pra cama?! – Ela me perguntou meio sonolenta. Eu, da porta do banheiro, nada disse, apenas contemplava a silhueta de seu corpo na penumbra formada pela luz da lua que invadia o quarto pela janela. Deitada de bruços na cama e as cobertas mal a cobriam. Eu ainda era capaz de... Continue lendo →

Safadinha do papai.

Desde muito nova que compreendendo da dificuldade do meu pai em me criar sozinho e sem poder contar com nenhum outro parente por perto, eu procurava ser uma boa menina e boa filha, evitando dar-lhe trabalho. Pelo que eu o ouvia conversando muitas vezes ao telefone, sabia que ele tinha mais de uma mulher na... Continue lendo →

Tesão pela menina feia.

Sempre tive um fetiche ou uma fantasia de fazer sexo com uma mulher desconhecida. Nunca tive oportunidade, até que encontrei Rebeca pela internet. Ela tinha a mesma fantasia que eu, queríamos um encontro sem muitas informações e referencias. Combinamos então um encontro quase às escuras, sem fotos, sem descrições, sem informação nenhuma um do outro.... Continue lendo →

Perdendo o cabaço com o vizinho.

Tudo começou quando minha família mudou de residência e na frente dessa nova casa morava um casal que tinha uma filha pequena de uns 2 aninhos, não demorou muito e meus pais ficaram amigos desses novos vizinhos. A vizinha devia ter por volta de uns 36 anos, era gorda, sem vaidade e muito ciumenta, ela... Continue lendo →

A mulher do empresário.

Início de semestre na faculdade é sempre a mesma empolgação. Os amigos se abraçam, passam os primeiros 3 dias, no mínimo, conversando sobre como foram as férias um do outro, quem havia beijado quem, quem tinha “colocado chifre” em quem, esses eram os assuntos mais discutidos. Naquela faculdade não era diferente. Todo início de semestre... Continue lendo →

Minha vizinha crente e virgem.

Meus vizinhos eram evangélicos e todos os domingos iam para o culto bem vestidos e com suas bíblias na mão. Alguns sábados eles também iam, pois, a igreja planejava várias atividades. Eu nunca fui religioso e dispensava educadamente os convites para ouvir a Palavra do Senhor com eles. A filha mais velha do vizinho era... Continue lendo →

Viciado em sexo.

Lembro de quando ainda adolescente vasculhar escondido o quarto dos meus pais atrás de revistinhas de sexo. Adorava ler os contos eróticos e o que mais me fascinava eram os relatos com sexo anal, heterossexual e os ménages femininos. Algumas histórias de orgias também me excitavam, embora seja difícil de acreditar em tudo. Lembro de... Continue lendo →

Pequena notável.

As mulheres são uma caixinha de surpresa. Vivi, naturalmente não era diferente. Estávamos curtindo um momento pós sexo. Nus, suados e abraçadinhos, assim ficamos vários minutos sem dizer nada. Apenas descansando e desfrutando um ao outro. – O que você pensa de sexo anal?! – Vivi me perguntou sem receio. Namorávamos havia meses, o suficiente... Continue lendo →

Marcinha, um conto de amor.

Há uns três anos atrás cursava a faculdade de Ciências Econômicas aqui na UERJ. Tinha então 27 anos, me cuidava muito bem, como me cuido até hoje. Tenho 1,80 m, 80 kg, branco, cabelos e olhos extremamente negros e, dizem, penetrantes. E aconteceu um dia, esse inesquecível dia, em que apenas vi a Marcinha. Ela... Continue lendo →

Traindo sem querer mas adorando.

Sou casada há 5 anos e nunca pensei em trair meu marido, pois ele é muito bom para mim. Ele é bom em todos os sentidos. Porém, num final de semana, meu chefe marcou uma festa de nossa empresa em seu sítio em Mairiporã e convidou todos os funcionários, cerca de 85 pessoas no total.... Continue lendo →

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: