Titio faz tudo.

Eu tinha acabado de mudar da casa da minha mãe para uma casa que aluguei em um outro bairro. Eu queria ficar mais livre para poder curtir minhas baladas e receber o meu namorado em casa. Para não me desfazer do meu quarto na casa da minha mãe, não levei quase nada, comprei cama nova e levei apenas um guarda-roupa que estava sobrando na casa da minha mãe. Para não gastar dinheiro, pedi ao meu titio “faz-tudo” para ir lá em casa montar o guarda-roupa para mim. Ele disse que só poderia ir no domingo, pois trabalhava todos os dias, inclusive aos sábados.

Titio é um quarentão muito charmoso e eu uma branquinha bronzeada de cabelos pretos, olhos verdes, coxas grossas e bumbum empinado, além de seios turbinados, presente de um ex. Sempre percebi os olhares do titio para mim, na para aia ou quando ele ia na casa da minha mãe, o que fazia com frequência, já que morava no mesmo bairro, com minha tia e meus primos. Certa vez, pensando estar sozinha em casa, saí do banho pelada, pois tinha esquecido de levar a toalha, quando me deparei com titio no corredor, que me olhou toda e disse:

Nossa sobrinha, como você é linda, assim toda nua!!

Fiquei toda sem graça e corri para o meu quarto, ainda percebendo os olhares dele para a minha bunda quando passei por ele.
Depois desse dia, toda vez que titio me via, de camisolinha ou shortinho, os olhos dele não paravam de me encarar.

No domingo bem cedinho, titio chegou à minha casa nova, carregando sua maleta de ferramentas. Estava bem a vontade de bermuda, camiseta e chinelo. Eu havia acabado de acordar, pois tinha ido a uma balada com as amigas na noite anterior, sem o meu namorado saber. Atendi titio do jeito que estava, de camisolinha e calcinha transparente, pois nem tive tempo de me trocar.

Dei dois beijinhos no titio e o levei para o meu quarto para montar o guarda-roupa. Enquanto ele se preparava para começar o trabalho, eu disse a ele que iria tomar banho e preparar um café para nós dois. No banho, eu sempre me excito quando lavo a buceta e aproveito para a tocar meu grelinho e pensar em alguma sacanagem gostosa. Tomei meu banho gostoso e saí do banheiro enrolada na toalha.

Aproveitei e fiz logo um café bem quentinho e levei para o meu tio. Demorei o tempo suficiente para que titio quase terminasse de montar o guarda-roupa, faltando apenas alguns ajustes e colocar as gavetas no lugar. Quando entrei no quarto enrolada numa toalha, ele me deu aquela olhada de sempre, dos pés à cabeça. Depois que coloquei o silicone nos seios, a toalha deixava as coxas e os meus seios quase à mostra.

Entreguei a xícara ao titio e me sentei na cama, cruzando as pernas e mostrando ainda mais as minhas coxas grossas e bem torneadas, deixando titio inquieto. As peças do guarda-roupa me impediam de chegar mais perto das caixas onde ainda estavam guardadas as minhas coisas. Pedi então que titio pegasse um tubo de creme hidratante que estava em umas das caixas, pois queria hidratar minha pele depois do banho. Titio retirou o tubo de creme da caixa e me estendeu para pegá-lo, foi quando soltei um gritinho e uma gargalhada gostosa. Não entendendo o motivo da minha risada, titio me perguntou do que eu tanto ria.

Esse creme é para outra coisa titio…!! – rindo mais ainda da situação.

Mas… não é esse?!!

Claro que não, você não conhece este creme?!!

Não, sua tia usa uns cremes lá, mas nunca me preocupei em saber o nome… – Fiz cara de quem não estava acreditando e perguntei:

Você e titia nunca usaram esse creme?!!

Nunca vi, por quê?! Para que serve esse?! Não é para hidratar?! – Eu agora ia ter que explicar para o meu tio que ele havia pego o tubo de lubrificante íntimo.

Esse tubo é de lubrificante íntimo, que as mulheres usam para a ter relação anal, entende?! – Titio ficou vermelho com a sua ignorância e fez cara de que agora estava entendendo. A conversa poderia ter terminado ali, mas o meu lado safada e devassa resolveu explorar um pouco mais aquela situação que deixara o meu tio tão sem graça.

A titia não usa esse creme quando vocês têm relação anal?!

Nunca usamos e eu nem conhecia! E desde que conheci sua tia, e mesmo depois do casamento, nós nunca tivemos relação anal. Ela nunca gostou, diz que não é certo e que ainda dói muito!!

Ah, mas só dói se não for feito com jeitinho, e não acho que seja errado se os dois sentem prazer…

É, mas com ela não tem jeito, nunca deixou!!

E você nunca quis tentar com outra mulher?!

Sempre foi meu sonho, mas nunca tive oportunidade, sua tia marca em cima! Você usa esse creme com seu namorado?!

Eu uso esse creme com o meu namorado toda semana, ele adora e eu também…

Nossa, toda semana? Seu namorado tem muita sorte, não é toda mulher que gosta e você parece gostar muito para dar o rabinho para a ele toda semana. Eu já estava com a buceta toda melada com aquela conversa e querendo tirar o máximo de proveito daquela situação.

Se o titio tivesse uma oportunidade, gostaria de comer a bundinha de outra mulher?! – Rapidamente ele respondeu:

Sua tia ia me desculpar, mas eu não ia perder essa oportunidade por nada!!

Nessa hora, eu subi na beirada da cama, bem perto do meu tio, de forma que meus seios ficassem na altura do seu rosto, então baixei a toalha, mostrando um seio e disse:

Quer comer a bundinha da sua sobrinha querida?!

Titio olhou para o meu seio rosado, com auréola grande e biquinho saliente, e perdeu o fôlego, parecendo que ia desmaiar. Então puxei a cabeça do titio forçando sua boca contra meu seio, que ele começou a chupar com ansiedade. Abaixei a toalha até a cintura e liberei meu outro peito fazendo o titio alternar entre um e outro naquela chupada gostosa que estava me deixando louca, chupando um e apertando o outro com a mão firmemente. Dava para a sentir a pica dele pulsando por baixo da bermuda, encostada nas minhas pernas. Enquanto passeava a língua quente pelo meu seio, titio meteu a mão por baixo da toalha e segurou a minha bunda com as duas mãos.

Titio quer comer a bundinha da sobrinha putinha, quer? Quer meter gostoso essa pica no meu cu, quer? Vai meter gostoso essa vara toda no meu cu, vai?

Titio já tinha enfiado o dedo na minha buceta toda melada e estava me deixando louca de tesão, e com a outra mão, ele já dedilhava o meu cu que a essa altura já estava todo meladinho também com a babinha que escorria da minha buceta.

Eu vou querer essa vara toda na minha bundinha, até as bolas, mas primeiro titio tem que me deixar com muito tesão, com uma chupadinha bem gostosa na minha buceta, tá bom?

Titio acenou que sim com a cabeça, sem descolar a boca dos meus seios durinhos e empinados. Afastei sua boca do meu peito, desci toda a toalha e deitei na cama, abrindo bem as pernas e comecei a tocar uma siririca e apertar os meus seios, fazendo carinha de puta e chamando o titio, que a essa altura já estava tirando toda a roupa e mostrando aquela pica duríssima, que só tinha visto por cima da roupa. Ele alisava a pica e me olhava dando tapinhas na minha buceta e exibindo os meus seios, que depois do silicone, davam para a encostar na minha língua.

Vem chupar gostoso a putinha, vem! Chupa gostoso a minha buceta que eu vou sentar com o cu nessa sua pica dura e gostosa!!

Abri mais as pernas afastando os grandes lábios com os dedos, mostrando meu grelinho e chamando o titio com o dedinho, para ele para a se deliciar naquele melzinho que escorria da minha buceta toda melada. Titio caiu de boca na minha buceta, chupando que nem um menino que nunca ganhou um pirulito. Aquela língua grossa e quente no meu grelo estava me deixando louca de vontade de sentir aquela vara toda enterrada na minha buceta.

Mas eu sabia que o que titio estava esperando era meter aquela pica dura e toda babada na minha bundinha, que era bem empinadinha e com uma marquinha de fio dental de fazer inveja e deixar meus namorados loucos de tesão. Segurei a vontade de gozar e falei para o titio que era hora de realizar o sonho dele.

Vem meter no cu da sua sobrinha, vem!!

Ele se afastou um pouco e aproveitei para conferir se aquela pica estava bastante dura, o que facilitava a enrabada no meu cu apertado, sem doer muito, pois o meu anelzinho era elástico e aceitava bem uma pica grossa e gostosa como a do meu tio, mas ela tinha que estar bem dura.

Titio estava de joelhos na cama e aproveitei para a ficar de quatro, de frente para a aquela pica toda melada e poder sentir aquela rola grossa e dura na minha boquinha safada. Eu adoro chupar uma pica, gosto de pegar ela mole e fazer ela endurecer na minha boca, deixando ela bem melada para poder entrar macio no meu cu. Adoro engolir as bolas dos caras e sentir se estão cheias ou não. Quando eu percebo que estam pesadas, o tesão se multiplica com a expectativa de ver ou sentir o leite jorrando na minha boca.

A pica do titio parecia uma barra de ferro de tão dura que estava e parecia que ia explodir a qualquer momento. Enquanto eu chupava a sua pica, titio alisava a minha bunda com a minha marquinha e até ensaiou uns tapinhas na minha bunda e uma enfiada de dedo no meu cu que me deixou com mais tesão.

Sempre gostei de apanhar na bunda quando estou de quatro ou sentada numa rola e gosto de tomar uns tapinhas na cara na hora que estou gozando, principalmente com a uma pica toda enterrada no meu cu. Meu namorado sempre sabe a hora que eu começo a gozar e me dá uns tapas no rosto que me deixam louca e pedindo mais. Entreguei o tubo de creme para o titio e cheguei com a bundinha ao alcance da mão dele, mas sem desgrudar daquela pica, que estava bem dura e melada, na minha boca. Titio começou a passar um pouquinho de creme no meu anelzinho, não lambuzando muito. Senti que ele estava querendo entrar bem apertado na minha bundinha e eu estava adorando. Soltei a pica da boca, fiquei de quatro para o titio e disse:

Vem enrabar a sua putinha, vem!! Mete gostoso no meu cu, mete!!!

Titio encostou a pica dura no meu anelzinho e começou a empurrar devagar. Pedi a ele que metesse com carinho para não doer muito e arrebitei o máximo que pude a minha bundinha. Meu cu estava piscando, pedia pica de tanto tesão que ele sentia. Titio começou a meter e fui me ajeitando devagar, agasalhando a cabeça enorme no meu cu que tentava se acostumar. O tesão que sentia de estar dando o cu para o meu tio, sabendo que a minha tia nunca deu a bunda para a ele, me deixava com mais tesão.

Titio então meteu a rola toda que meu cuzinho aceitou com certa resistência. Abracei o travesseiro, olhei para a trás para a ver a expressão do meu tio, que parecia em êxtase, fiz uma carinha bem sacana, de que estava sofrendo com aquela pica na bunda e pedi que metesse bem fundo e rápido.

Mete tudo na cu da sua putinha, mete!! Fode a putinha do titio, fode!! Mete essa rola gostosa toda e goza gostoso no meu cu, goza!! Dá leitinho na bundinha, dá?!!

Titio segurou minha bunda pelas laterais e meteu tudo até as bolas. Num vai e vem frenético, me chamando de puta, de safada, de gostosa, que já tinha batido várias punhetas pensando em me comer, meteu com força até perder o fôlego. Eu enterrei a cara no travesseiro para não gritar e chamar a atenção dos vizinhos, com algumas lágrimas de tesão escorrendo pelo meu rosto e com o dedinho na xoxota, mexendo no grelinho, estava quase gozando também.

Numas estocadas firmes e vigorosas, titio gozou feito um louco nas entranhas do meu cu, derramando todo aquele leite viscoso no meu cu faminto de pica. Desabamos na cama e ele com a pica ainda enterrada no meu cu, arfando na minha nuca, dando as últimas estocadas, como se não desejasse que aquele momento chegasse ao fim. Ficamos ali colados por alguns minutos, até titio recuperar o folego. Quando ele saiu de cima e mim, me levantei e disse que ia para o banho, deixando titio quase que desmaiado na cama, como se estivesse pegando no sono.

Fiquei um tempão no chuveiro quente me refazendo daquela enrabada que havia levado, quando titio entrou no banheiro e perguntou se podia se lavar. Abri a porta do box e deixei ele entrar debaixo do chuveiro. Como eu já estava toda ensaboada, segurei na pica do titio e comecei a cobri-la de espuma, massageando toda a sua extensão, inclusive as bolas. Foi então que aquela pica começou a dar sinal de vida outra vez, ficando dura na minha mão.

Comecei a bater uma punhetinha com a espuma e massagear as bolas, deixando titio quase tonto de tesão novamente. Minha buceta também já estava melada novamente e resolvi não esperar meu namorado me fazer gozar, pois ele só viria me buscar na parte da tarde e eu queria gozar naquela hora.

Virei de costas para o titio, fiquei apoiada na parede do box e na pontinha dos pés, pedi a titio que metesse na minha buceta e me fizesse gozar espetada naquela sua pica grossa e dura. Titio enterrou a pica toda na minha buceta e eu comecei a rebolar naquela vara gostosa. Pedi para a ele meter com força e ele não se fez de desentendido. Me segurou pela cintura e com a outra mão, enrolou meus cabelos compridos e me puxando socava a pica com força na minha buceta melada.

Quando ele deu uma mordidinha na minha nuca não aguentei de tanto tesão e gozei gostoso naquela vara, soltando gritinhos e gemendo baixinho. Titio ainda metia gostoso quando resolvi experimentar o gostinho daquele leitinho e me abaixei, engolindo a pica melada e dura até o fundo.

Chupei com força, apertando as bolas, até titio começar a gemer e soltar todo aquele leite quente na minha boca, que engoli todo até a pica ficar mole. Saí do banho e deixei titio aproveitando a água quente para relaxar. Quando ele entrou no quarto eu já estava vestida, pois meu namorado viria me buscar para irmos a um churrasco, titio também se vestiu e arrumou a maleta de ferramentas para ir embora.

Titio ainda tentou se despedir me beijando na boca, mas desviei e lhe dei um beijinho no rosto, pois beijo na boca tem que ter paixão e só com meu namorado, mas a pica do titio será sempre bem-vinda. Na saída, ele disse que estaria sempre à disposição para o que eu precisasse arrumar na casa nova. A partir desse dia, eu sempre chamo o titio “faz-tudo” para consertar alguma coisa na minha casa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: