Minha diarista, minha fantasia.

Já li muitos contos eróticos em que os homens desejam ser cornos, constatei isso também em salas de bate-papo e vi que realmente existem esses tipos de homens. Lendo alguns desses contos, minha imaginação foi longe, viajei, achei estranho meus pensamentos com maridos olhando suas esposas sendo fudidas por outros homens, e eles dizem sentir... Continue lendo →

Muito além de uma foda louca com um velho fogoso.

Fui a uma festinha bem chata na casa da Fernandinha, cheia de gente influente, uma espécie de reunião que o paizinho dela costuma fazer para alguns amigos políticos e empresários. A Fernandinha me falou que ela foi obrigada a estar presente, afinal, seu pai a queria apresentar para alguns amigos com os quais futuramente ela... Continue lendo →

Telma e seu maravilhoso rabo.

Meu nome é Aureliano, tenho 40 anos, solteiro e moro na fantástica Belo Horizonte. Durante meses dividi um pequeno apartamento no centro da cidade com um amigo, o Vítor, que era gerente de um banco. Mas essa divisão era um saco, vocês sabem como é, quando um estava com mulher, o outro tinha que ficar... Continue lendo →

Queria experimentar outro homem.

Minha fantasia sexual na verdade era muito simples, queria saber como era foder com outro homem já que em toda minha vida só havia feito isso com meu marido. Meu casamento vai bem, tenho meus filhos, 30 anos, 1,60 de altura, frequentadora das salas de Bate-Papo. Sérgio também é casado, tem filhos, 35 anos, 1,86... Continue lendo →

Encarando de frente a minha curiosidade.

Adoro navegar nas salas de bate-papo e um dia acabei conversando com um rapaz que dizia ser negro, alto e ser bem-dotado. Sou extremamente curiosa e perguntei o quanto ele era bem-dotado. A resposta me deixou excitada e curiosa: ele dizia ter uma pica de 23x9 cm. Ele é casado, mas dizia que, apesar de... Continue lendo →

Cecília, safada e adúltera.

Acabamos de chegar do Rio, depois de quase três horas de carro até Rezende. A recepcionista nos atende e meu marido segue com as valises para nossa suíte privada nesta pousada que pertence a minha mãe. - "Minha mãe está aqui ou saiu?" -pergunto a bela mulata, que eu não a conhecia desde que fomos... Continue lendo →

A baixinha.

Houve um tempo que eu estava numa maré de azar terrível, não conseguia comer ninguém, como se tivesse sido encantado. Até que comecei num novo serviço e, pela cara da mulherada parecia que não ia conseguiria comer ninguém dali também. Já era amigo da maioria da mulherada de lá, inclusive uma baixinha, a Jane, que... Continue lendo →

Enrabada pelo tio.

Tenho hoje 25 anos, morena clara, casada, 1,58 m, cabelos encaracolados, cintura fina e tenho um belo traseiro até hoje. Tenho um filho de 6 anos que meu marido pensa que é seu filho, mas não é e esta história começou quando eu tinha 16 anos. Estava passando as férias de fim de ano na... Continue lendo →

Depravando a esposinha do político III

Não agradou nem um pouco à Celena decisão de Lauro, seu marido, de aceitar o convite da tia para que fossem morar no sul de Minas. Ultimamente, Lauro voltara a ser indiferente aos corriqueiros desejos da esposa e ela então retornou ao antigo amante, que jurara nunca mais ver. Assim, quando a esposa de Lauro... Continue lendo →

Depravando a esposinha do político II

O que foi que eu fiz, meu deus? Lauro vai me matar se descobrir! A bela mulher se perguntava enquanto tomava banho, lavando cuidadosamente o rego entre a sua carnuda bunda. Seus dedos tocam no sensível anel do cuzinho, que alguns minutos atrás acabara de ser deflorado por um pênis tão grosso quanto longo, que... Continue lendo →

Depravando a esposinha do político I

Celene tinha se apaixonado por outro homem enquanto estava casada com Valter. Depois de muitas brigas e oposição de ambas as famílias, as duas contra Celene, eles se divorciaram e ela pode finalmente se unir a Lauro Torinho. Parecia que aqueles dois anos que já estavam casados tinham valido a pena, tamanha era a felicidade... Continue lendo →

Dama de honra.

Eu tenho 20 anos e moro no Rio. Sou estudante de letras, e além de assistir as aulas diariamente, passo todos os finais de tarde na praia. Sou o tipo carioca gostosinha. Corro todo dia na praia para definir o corpinho e tomo bastante sol, sempre no finalzinho da tarde, que é para dar cor... Continue lendo →

Crentinha Virgem.

Bem, em certa época de minha vida, após ter sofrido alguns desenganos, acabei ficando meio deprimido e chateado por algum tempo, o que me levou a procurar algo para preencher o vazio que estava sentindo. Como dois de meus irmãos eram religiosos naquela época, resolvi procurar a mesma igreja para tentar preencher tal vazio. Foi... Continue lendo →

O encanto de uma mulher madura.

Elisabeth era uma mulher de 58 anos, estatura baixa, dentro do peso, tipo da mulher elétrica, extremamente trabalhadora, com objetivos e ambiciosa. Era casada pela segunda vez. Seu marido, um ex-dono de uma sapataria na Capital, era um senhor de pouco mais de 60 anos, com características antagônicas às de Elizabeth, uma vez que era... Continue lendo →

Despertei para a vida.

Com 18 anos entrei na faculdade para estudar contabilidade. Ao mesmo tempo em que fazia o curso noturno, resolvi trabalhar e consegui emprego em uma empresa química de médio porte onde o presidente, Heleno, era o próprio dono. Fui por ele entrevistada e fui admitida como auxiliar de escritório. Ele era um homem bonito, com... Continue lendo →

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: