A noite que mudou minha vida.

Meu nome é Gaby, tenho 28 anos. Eu namorei um cara há cinco anos atrás, mas não deu muito certo e terminamos, o nome dele é Rodrigo. Ele era de outra cidade e acabou voltando pra lá. Para minha surpresa, um belo dia, ele apareceu na casa do meu pai que é muito amigo da... Continue lendo →

Adoro ser a amante.

Recordo me muito bem desse dia. Eu já tinha combinado com meu patrão, o Leno, de quem eu era amante, de nos encontrarmos em um determinado hotel de São Paulo. Eu iria alegar serviços externos no setor e ele estaria em reunião com clientes. Acordei de manhã, um café gostoso, um papo informal com minha... Continue lendo →

Esposinha sem juízo.

As duas mulheres tomavam a sopa em silêncio. Verônica evitava olhar nos olhos da sogra. - Você não disse como está sua amiga doente! - a velha rompeu o silêncio .- Bem melhor, D. Juliana! - respondeu com um sorriso sem graça após engolir uma colherada de sopa que lhe custou a descer garganta abaixo.... Continue lendo →

Matando a saudade.

Já havia terminado meu relacionamento de 3 anos há alguns meses, quando Pedro apareceu. Pedro foi o cara com quem eu perdi minha virgindade aos 15 anos – ele tinha 25 na época – uma transa muito gostosa, movida pela curiosidade e pelo desejo de sentir prazer. Ele não é muito alto – somos quase... Continue lendo →

Comi a evangélica casada.

Todo homem tem paixões adolescentes que ficaram no passado, muitas com ares platônicos, que teimam em retornar sem aviso. Vou contar sobre uma que tive a oportunidade de concretizar muitos anos depois. Sou moreno claro, olhos e cabelos castanhos escuros, 27 anos, 1,72 m, 65 kg e corpo definido – gosto de me exercitar, por... Continue lendo →

Quando fico no cio.

Eu quando entro no cio, vários pensamentos sacanas tomam conta da minha cabeça. Deixo esses sonhos e pensamentos tomarem conta de mim até molharem a minha calcinha. Passo as minhas mãos pelo meu corpo todo e brinco com os meus buraquinhos no banho imaginando ser objeto do desejo e tal. Na rua, quando percebo algum... Continue lendo →

Enfim Acordei.

Me chamo Elza, tenho cinquenta e cinco anos e meu marido sessenta e cinco, portanto dez anos mais velho, apesar da idade ainda tenho um corpo até que razoável a ponto de ainda levar cantadas de homens e mulheres muito mais jovens, e isso me deixa com a auto estima lá nas alturas, por saber... Continue lendo →

Deliciosamente enorme.

Ali estava ele novamente, naquele mesmo bar onde íamos final de semana, olhar que dizia o que desejava de mim, lábios largos que tocavam o copo com sensualidade, encara-lo era para mim uma tentação que dava tesão, imaginava aqueles lábios percorrendo meu corpo, seu olhar era atrevido, mas ele não agia em conformidade com o... Continue lendo →

Meu amor secreto.

Pessoal, aconteceu algo comigo e venho tentando criar coragem para contar, dividir com alguém, se não vou ficar louca! Sou noiva e tenho 24 anos, vou me casar em três meses, mas estou totalmente perdida com o que me aconteceu no ultimo sábado. Tenho uma prima de 26 anos que se casou no sábado passado... Continue lendo →

Eu só queria provar a rola dele.

Conheci ele numa padaria e, entre tantas delícias de doces e salgados, trocamos olhares muito mais apetitosos, então ele chegou em mim discretamente enquanto eu pagava meus pães no caixa, ele soube chegar em mim e prender minha atenção, conversamos um pouco, trocamos telefone e marcamos um encontro num quiosque de frente para o meu... Continue lendo →

Me chama de vagabunda.

Através da internet acabei conhecendo uma mulher do Paraná. Ela era uma loura de 30 anos, casada, bonita de rosto e, pelo que pude perceber, umas belas pernas. Vou chamá-la de Lu. - Meu marido não sabe de nada! - foi uma das frases que ela mais repetiu durante os nossos contatos. Depois de algum... Continue lendo →

A mulher do vizinho.

- Vai ser gostosa assim na puta que pariu! - disse Celso para si mesmo enquanto jogava água no seu carro e olhava a vizinha em cima da garagem estendendo roupa no varal - Olha só "aquilo"!! Ela só pode estar de brincadeira comigo, não é possível!! - continuou Celso. Enquanto estendia a roupa, Sophia... Continue lendo →

Velhos amantes.

Sabe daqueles amores da adolescência que te fazem perder a razão? Daqueles que só de ver a pessoa você sente o corpo quente e um frio na barriga? Que fazem o seu coração bater acelerado e devagar ao mesmo tempo? Pois bem, tive uma dessas paixões com uma prima minha, que acabou mal resolvida. Vivíamos... Continue lendo →

Relaxamento com pica.

Tenho 20 anos, estatura mediana de 1,68 m, morena, com o corpo bem escupido, cabelos pretos ondulados e compridos até a altura da cintura. Cheguei do trabalho, cansada, e, como de praxe, você não estava em casa, ah! Normal, né? Com esse trânsito maluco do Rio de Janeiro, dificilmente alguém consegue chegar cedo em casa.... Continue lendo →

Confesso que gosto.

Não gosto de esconder fatos da minha vida, ainda que muitos não entendam a causa de uma mulher como eu amar, venerar e adorar o sexo anal acima de tudo. Tem uma razão e eu conto. Quando tinha 18 aninhos, já era um mulherão de assombrar todos quando aparecia na praia com meu biquíni azul-marinho.... Continue lendo →

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: