Aquele pequeno intervalo.

As melhores fodas são aquelas que acontecem do nada, impulsivamente, aquelas que não planejamos hora, com quem e nem lugar, aquelas que quando você se vê diante da situação de fuder, você não hesita e acaba cedendo aos caprichos do seu incontrolável desejo carnal. Comigo aconteceu algumas vezes e uma delas foi com um amigo... Continue lendo →

A doce ironia de uma vingança.

Lá estava ela, sentada na cama daquele quarto de motel, esperando pelo que estava por vir. Sentia-se uma verdadeira vítima próxima de ser sacrificada no altar dos desejos vis de um homem oportunista, que praticamente a sequestrara e com ela adentrara ao motel com a firme intenção de saciar seus desejos à custa da fraqueza... Continue lendo →

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: